domingo, 29 de julho de 2012

Looks from the book

Black and white



 


Lovely skirt!



 


Nude with the possibility of colours!



 


All thumbs up for this one!



 


Por Sandra Martins.


Look.Book: the source.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Arte por Perto: Rosa Maciel


                                       
Rosa Maciel é potiguar e é habitante da Europa há algum tempo. E é o velho continente a fonte de inspiração de sua exposição para o projeto Arte Por Perto: Vem no Sábado de Juliane Ataíde. "Essas paisagens" é o tema das fotografias de belos lugares nos países por onde ela andou. Impressões da Suécia, Hungria, Áustria, Croácia e Cazaquistão foram transformadas em impressionantes fotos que enchem os olhos. Além das fotografias, Rosa também trouxe bolsas de tecido bem personalisadas para complementar ainda mais o seu trabalho. 

                                   

As fotografias mostram um colorido vivo e forte e também mostram a visão de algumas situações cotidianas pelos olhos de Rosa. É uma exposição bem interessante e nos dá um pouco do belo que tem no continente Europeu. 

O projeto Vem no Sábado acontece amanhã lá no camelódromo do Centro da Cidade, no box 218, a partir das nove da manhã seguindo até à uma da tarde. Uma ótima opção para conhecer mais as pessoas que fazem sua parte para a cultura do nosso estado.













Por Sandra Martins.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Cineclube musical

O Cineclube Natal está com uma temporada de documentários musicais lá no Nalva Café. A maratona começou nessa segunda 23 e segue até o dia 29 de julho, sempre às 19:00. O preço é uma taxa de manutenção de apenas 2,00. Diversão boa e barata!!!

Abaixo segue a programação:

23/07 (segunda) – Biografia do boêmio sambista de Vila Isabel | Noel -  Poeta da Vila (2006)
Aos 17 anos Noel Rosa (Rafael Raposo) é um jovem engraçado, que possui um defeito no queixo e gosta de improvisar quadras debochadas para os amigos. Noel estuda medicina e toca numa banda regional, com outros garotos do bairro. Noel gosta da companhia de operários, negros favelados e prostitutas, com quem rapidamente faz amizade. Até que um dia conhece Ismael Silva (Flávio Bauraqui), compositor que o desafia a compôr um samba. Noel usa uma paródia ao Hino Nacional para compôr “Com Que Roupa?”, que faz grande sucesso nas rádios de todo país. A partir de então ele se dedica de vez ao mundo do samba, mudando a história da música popular brasileira. (Adoro Cinema)
24/07 (terça) – Registro  do grande encontro de Caetano, Bethânia, Gil e Gal comemorando 10 anos de carreira | Os Doces  Bárbaros (1977)
Documentário musical sobre a turnê que Gilberto Gil, Gal Costa, Maria Bethânia e Caetano Velloso fizeram em 1976 em comemoração aos dez anos de suas carreiras. Reconstituição dos dramáticos acontecimentos que envolveram o grupo com a prisão de Gilberto Gil em Florianópolis por porte de maconha. Versão integral pela primeira vez exibida sem os cortes da Censura Federal.  (Programadora Brasil)
25/07 (quarta) – A obra musical do compositor Paulo Vanzolini | Um Homem de Moral (2009)
Documentário musical sobre o compositor Paulo Vanzolini. O diretor Ricardo Dias, de “Os Calangos do Boiaçu” e “No Rio das Amazonas”, que contaram com a participação de Vanzolini, apresenta desta vez um outro compositor: seus sambas, seus amigos e a cidade de São Paulo, tema permanente de sua obra musical. (UOL)
26/07 (quinta) – Ascensão e queda de Wilson Simonal | Simonal – Ninguém sabe o duro que dei (2009) 
A trajetória do ex-cabo do exército Wilson Simonal, que se tornou cantor de grande sucesso nos anos 60. Lançado por Carlos Imperial, Simonal vendeu milhões de discos e lotou estádios em seus shows até ser condenado ao ostracismo devido à acusação de que era informante da ditadura militar, o que sempre negou. (Adoro Cinema)
27/07 (sexta) – A trajetória artística de um dos músicos de ‘Os Mutantes’ | Loki – Arnaldo  Baptista  (2009)
Documentário sobre Arnaldo Baptista, fundador dos Mutantes e um dos grandes ícones da música brasileira. Imagens históricas revelam a trajetória do artista desde a infância, o surgimento dos Mutantes, o casamento com Rita Lee, a separação, o fim da banda, a depressão que o levou a uma tentativa de suicídio e a um profundo coma, sua carreira solo e o reencontro com a paz. Com depoimentos do artista, familiares e amigos, como Tom Zé, Lobão, Nelson Motta, Gilberto Gil, Sergio Dias, Dinho Leme, Zélia Duncan, Liminha e Rogério Duprat, além de Kurt Cobain, Sean Lennon e Devendra Banhart. (UOL)
28/07 (sábado)  A história dos Titãs por cenas filmadas ao longo da carreira pela própria banda | Titãs – A vida até Parece uma festa (2009)
Os músicos do Titãs contam a história da banda, umas das principais do país, utilizando linguagem não cronológica e musical. Quando lançaram o disco Cabeça Dinossauro, Branco Mello comprou sua primeira câmera (VHS) e saiu gravando tudo o que acontecia naquele momento de explosão musical que foram os anos 80. O resultado disso são cenas inéditas de viagens, camarins, discussões, ensaios, shows, programas de TV, videoclipes, gravações etc. O filme conta ainda com a participação de artistas e amigos que conviveram com os músicos ao longo dessa trajetória. (Cine Pop)
29/07 (domingo) – Um retrato sobre os festivais da canção | Uma noite em 67 (2010)
Final do III Festival da Música Popular Brasileira da TV Record, em 21 de outubro de 1967. Entre os candidatos que disputavam os principais prêmios figuravam Chico Buarque de Holanda, Caetano Veloso, Gilberto Gil com os Mutantes, Roberto Carlos, Edu Lobo e Sérgio Ricardo, protagonista da célebre quebra da viola no palco e lançado para a plateia, depois das vaias para “Beto Bom de Bola”. Com imagens de arquivo e apresentações de músicas como “Roda Viva”, “Alegria Alegria”, “Domingo no Parque” e “Ponteio”, o filme registra o momento do tropicalismo, os rachas artísticos e políticos na época da ditadura e a consagração de nomes que se tornaram ídolos até hoje no cenário musical brasileiro


Nalva Café fica na Ribeira na avenida Duque de Caxias, 110.

Por Sandra Martins.

Cute Looks

Cute blouse and jacket!





Cute dress







Cute jeans!






Long sleeve shirt






Por Sandra Martins.

domingo, 22 de julho de 2012

Pé na Estrada: Museu Histórico de Acari




O estado do RN tem vários recantos belos e desconhecidos pelos próprios potiguares. Quem se aventura a conhecer verdadeiramente a terra dos comedores de camarão, não se arrepende e ainda volta com belas imagens para recordar. Numa dessas andanças, passei pela simpática Acari, conhecida como a cidade mais limpa do Brasil (até parece Natal, não é?). Foi uma passagem rápida mas foi o bastante para ver que a cidade é um roteiro garantido para quem gosta de descobrir as pérolas do elefante. Interessante do lugar é a importância que eles são aos recursos geológicos e também à cultura local, com o Museu Histórico.




O post do Pé Na Estrada é justamente sobre o Museu Histórico de Acari e toda sua história guardada e preservada. O prédio foi construído em 1887 e já foi a cadeia pública, local de bailes da sociedade e também onde foram feitas as primeiras exibições de cinema da cidade. Hoje ele conta um pouco da história da cidade e do sertanejo, personagem principal da região. 




É aqui onde fazem o queijo de manteiga!




Está passeando pela região? Dê uma parada por lá. A cidade além do museu e das formações geológicas tem o açude Gargalheiras. Sem falar nos esportes radicais que podem ser praticados na região. 



                                                         













Gostou? Quer dar uma passadinha por lá? Para chegar em Acari, é só pegar um ônibus da viação Jardinense. O telefone de lá é 3205-2474

Por Sandra Martins.

sábado, 21 de julho de 2012

Strike a look

Lovely look


 


Jeans and a dress



 


Girlie in a boyfriend jeans



 


Black and Blue



 


Off-white and beige



 

Impressões Potiguares


A arte exposta de uma forma extremamente pessoal, cheia de cores e o encanto do primeiro olhar à bela Irlanda. Assim são os desenhos feitos pelo arquiteto potiguar Arthur Seabra. Há alguns meses morando na terra de Joyce, ele retratou suas impressões sobre o lugar. E as impressões foram tão boas que ele agora faz parte do grupo Dublin Sketchers, um pessoal que sai por Dublin e outros lugares fazendo desenhos e retratos da cidade. Para esse post, Arthur selecionou alguns desenhos que são importantes para ele ou que marcaram momentos em sua estadia pela Irlanda. A arte é acompanhada de um texto pessoal sobre os sketches.



"Depois de uma decepção, sem muita coisa para fazer, eu estava bem abatido e triste quando achei melhor parar de pensar e ir desenhar, o desenho escolhido foi esse do Temple Bar. Comecei a pintar e estava ficando tão bom, me diverti tanto que não queria mais parar de desenhar, coloquei bastante cores e deixei tudo bem feliz, fiz desse desenho minha terapia e isso durou cerca de três ou quatro horas. Foi o primeiro que usei a cor amarelo para colorir a calçada, coisa que passei a repetir nos desenhos seguintes. "


"Outro dos meus favoritos é esse do prédios governamentais de Dublin, fiz esse para testar meu material novo de desenho, os pro markers, Também o primeiro desenho que usei a cor "azul pastel" para pintar o céu, depois desse usei em muitos outros desenhos essa mesma cor para o céu. "



"Peguei um trem até o litoral, para visitar a Torre do James Joyce, para desenhar esse que também é um dos meus favoritos. O dia estava lindo e por ser um desenho feito na hora, gostei muito do resultado, e não planejei muito, fui pintando e o resultado me agradou muito e o pessoal do grupo de desenho, tanto que foi para a exposição."

"Em meio a um dia de muito frio em Dublin sai com o grupo para desenhar na St. P atrick's Cathedral e para minha surpresa gostei muito do resultado e ainda voltei para casa sem gripe, isso me deixou bem feliz."






"Esse desenho também é bem especial, depois de um dia andando e vendo várias portas coloridas, cheguei em casa e pintei esse que foi minha primeira criação, feito em casa e sem nenhuma referencia visual, só a lembrança do que vi."





"A Grafton Street foi o lugar que mais visitei durante meu primeiro mês morando em Dublin, esse também foi o primeiro desenho que fiz na cidade."






Por Sandra Martins em colaboração de Arthur Seabra.

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Movimento Hot Spot com Paulo Borges em Natal!


Amanhã tem evento fashion no Teatro Riachuelo. É o movimento Hot Spot, que vai contar com a presença de Paulo Borges. Abaixo mais detalhes sobre o Hot Spot.

Natal é a quinta cidade a receber o Scouting, que teve início em Porto Alegre, no dia 05/07, e já passou por Salvador , Belo Horizonte e São Paulo. Em Natal, o encontro com Paulo Borges acontece amanhã, 19 de julho, no auditório “Teatro Riachuelo” do Shopping Midway Mall, em duas sessões: às 17h30m e 19h30m, com um convidado especialíssimo; o estilista Dudu Bertholini. Quer participar? É só ligar para 84.8721-8618.

O encontro contará com um convidado especial: Dudu Bertholini – estilista da Neon. Ele vai contar sobre sua trajetória de sucesso e sua participação no Hot Spot, projeto precursor do Movimento HotSpot que revelou vários talentos das passarelas, dentre eles o próprio Dudu.

O Movimento HotSpot vai passar por várias cidades para mostrar os trabalhos, ideias e projetos dos criativos selecionados.Aproveite a oportunidade e venha conhecer o Movimento que está agitando o Brasil. Enquanto os curadores escolhem os melhores projetos, você está convidado para participar dos eventos e falar para todo mundo o que viu, gostou e achou inovador.Tome parte nessa transformação! Nenhum lugar será o mesmo depois de um festival do Movimento HotSpot.


O que é Movimento HotSpot?

O Movimento HotSpot (MHS) é um prêmio de inovação e criatividade. Uma plataforma multimeios online e presencial que se propõe a identificar e expor novas ideias e novos talentos, em âmbito regional e nacional, destacando os mais criativos nas áreas de Arquitetura, Beleza, Cenografia, Design, Design Gráfico, Filme & Vídeo, Fotografia, Ilustração, Moda e Música. O Movimento HotSpot inclui ainda a categoria Ideia, que premiará as três propostas mais inovadoras que envolvam conceitos de Empreendedorismo, Tecnologia, Sustentabilidade, Biomimetismo, Engenharia de Produção, Varejo, Branding e Comunicação.


Você concorda que uma ideia simples pode ter um grande impacto, se sair do papel?

Queremos criar oportunidades reais para sua capacidade criativa! O Movimento HotSpot é uma plataforma multimeios que fomenta, divulga e premia talentos e iniciativas inovadoras em diversas áreas. Entre aqui e faça parte deste site colaborativo que une redes criativas e compartilha conteúdos.

Em um processo que começa online, vamos viajar pelo Brasil para buscar, expor e reconhecer criativos com o propósito final de premiar os talentos mais inovadores e viabilizar a inserção de uma ideia transformadora no mercado. Essa ideia pode ser a sua!


MAIS:

http://movimentohotspot.com | @movhotspot | #movhotspot | @pborges_


Por Sandra Martins (via Max Almeida)

terça-feira, 17 de julho de 2012

Locas por la calle


Madonna lança mais um ótimo single do CD MDNA. O escolhido pela diva pop foi Turn up the radio, uma canção feita para as pistas de dança, como esse novo trabalho da cantora ítalo-americana. Para fazer a divulgação, ela escolheu o diretor Tom Munro, o mesmo com quem ela trabalhou em Give it 2 me. O vídeo foi feito em Florença, Itália e mostra Madonna recrutando rapazes para dar uma voltinha de carro pelas ruas da cidade. O interessante é como Madonna interagiu com os fãs e com o pessoal que estava pelas ruas na hora em que ela estava gravando o vídeo. E mais bacana ainda é a crítica que ela faz à perseguição dos fotógrafos famintos por cliques inusitados e também como ela se divertiu durante as filmagens.

Agora é ligar o rádio (ou o vídeo) e curtir Madonna!




Por Sandra Martins.

sábado, 14 de julho de 2012

Even better than the real thing: Jamie Cullum

Depois de longo período de hibernação, a coluna Even Better Than The Real Thing está de volta em dose dupla. O talento da vez é o de Jamie Cullum, da safra do novo pop jazz. Esse menino tem a categoria e a musicalidade de deixar qualquer cantor de uh uh la la yeah de boca aberta pela capacidade de fazer uma música de ótima qualidade. Jamie já tem 6 CD's de estúdio e neles ele recheou com canções autorais e algumas versões.

Escolhi duas grandes versões desse moço. Uma delas é o típico exemplo de como transformar água em vinho ou como fazer uma canção pop de verdade. A versão de "Don't stop the music" de Rihanna deixa a original da descoberta de Jay Z no chinelo. Com uma classe e musicalidade perfeitas, Jamie revive a canção chiclete de Riri, tornando-a algo belo de ser ouvido e de ser agradecido por ter sido feita. Ou melhor, regravada. Com um piano de tirar o fôlego, Jamie destila todo seu talento para mostrar que boa música pode sim ser feita. Sem falar no ritmo que a música teme que realmente faz jus ao título da canção, que diz para não parar a música. Essa música te leva a mexer os pés sem querer e dá uma sensação de livres movimentos, levando a pessoa que sentiu literalmente o feeling da canção a sair rodopiando por aí. Rihanna, baby, senta no banquinho e aprenda direitinho como se faz!


Já a outra versão é a da clássica Everlasting Love, que já teve regravações de vários, dentre eles o U2, que também deu uma roupagem exímia à canção. Mas o tempero que Jamie colocou nela também é de se destacar. Tanto que ficou igualmente bela à feita pelos irlandeses. Nesse caso, o novo de Jamie veio a somar ao belo original da década de 60, sem deixar a usual classe musical que faz parte do estilo dele.





Por Sandra Martins.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Hoje é dia de Rock, bebê!

Jack e a ex-wife

Nada melhor para o dia do Rock do que celebrá-lo com moda e música! E para a festa ser completa, o post de hoje coloca a grande versão de Burt Bacharach feita pelo White Stripes "I just don't know what to do with myself" que ganhou um vídeo lindo em preto e branco dirigido por Sofia Coppola e estrelado por uma das modelos mais rockers: Kate Moss. Sem falar que Jack White tem um pé na moda, já que foi casado com a modelo britânica Karen Elson. Hora de ver Kate Moss e a pole dancing mais sexy do vídeo clipe.



Por Sandra Martins.

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Torta de maçã

Com mais uma colaboração do Sopa de Bruxa, o Fashion Food Arts apresenta uma receita bastante gostosa: a famosa torta de maçã. Um clássico das sobremesas, a torta de maçã é um doce que acaba agradando à várias pessoas com seu gostinho peculiar. Logo abaixo segue o passo a passo pra fazer essa deliciosa receita. Vamos lá!


Essa torta surpreende, pois se tem a impressão de que ela não vai dar certo. Ela começa a "descer" na forma e se deformar nos primeiros minutos de forno. Isso porque as maçãs murcham quando assam. Aos 45 minutos no forno a 180°C as maçãs estão quase assadas e a massa ainda está quase crua e sem cor. Depois desses 45 minutos, pode aumentar para 220°C e deixar mais uns 20 minutos. No total, demora em torno de 1 hora. Mais importante que tempo marcado é mesmo o "olhômetro". Boa sorte.

Ingredientes

Para a massa:

· 2 1/2 copos de trigo ( 500ml),

· 1 copo de manteiga ( 200ml) em temperatura ambiente,

· 1 colher de sopa de vinagre,

· 1 ovo inteiro,

· 1 pitada de sal.

Recheio:

· 4 maçãs verdes descascadas e cortadas em fatias finas,

· 1 limão grande,

· 5 colheres de sopa de açúcar cristal,

· 3 colheres de amido de milho

· 1 colher de sopa de canela em pó.

Modo de preparo

Massa:

Numa tigela junte o trigo, o sal e mexa. Depois coloque a manteiga e mexa com dois garfos até virar uma farofa.

Junte o ovo e o vinagre e mexa com as mãos sem sovar a massa.

Coloque em sacola de alimentos e leve à geladeira por uns 15 minutos, enquanto prepara o recheio.

Recheio:

Descasque, limpe e pique as maçãs como nas fotos.

Esprema o limão todo sobre elas e misture para que não escureçam.

Junte o açúcar, a canela e as 3 colheres do amido de milho e mexa de novo.

Abra a massa se guiando pelas fotos e forre a forma (de vidro refratário).

Sobre a massa já aberta na forma, espalhe 2 colheres do amido de milho com cuidado.

Coloque as maçãs todas e por cima o caldo que se formou. Esse caldo com o amido engrossa e não deixa o recheio ficar “aguado” e escorrendo quando se corta a torta.

Coloque os pedacinhos de manteiga sobre as maçãs e tampe com a outra parte da massa, como nas fotos.

Faça cortes na massa para sair vapor.

Depois de assada, polvilhe com o auxílio de uma peneira algumas colheres de açúcar fino

Bata o açúcar cristal no liquidificador e use.

Considerações finais

A forma que usei tem 27cm de diâmetro. Deixar esfriar um pouco antes de servir.


Por Sandra Martins em colaboração com o Sopa de Bruxa.

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Getting inspired by some looks

Floral skirt


Possibilities with jeans


Nice!


Love shirts


Por Sandra Martins.

Even better than the real thing: The Killers

Fazer versões não é tarefa fácil. E só para variar, as escolhidas dessa coluna do blog são bem desafiantes: a versão da vez é ótima Shadowplay. Originalmente concebida pelo Joy Division e magistralmente regravada pelo The Killers para a trilha sonora do filme Control, que conta a história da vida de Ian Curtis. O trabalho que a banda americana fez foi uma versão com pitadas do Killers, sem copiar tudo do original do JD. A canção cresce de forma incrível e mostra o talento dos rapazes ao ter coragem de fazer a versão e o melhor ainda: ver que ela foi bem sucedida. A Shadowplay do Killers é viva, energética e forte. Tem explosões e bons solos de guitarra. Uma beçla versão para ser ouvida e prestada atenção. É uma versão de uma banda que tem as grandes clássicas dos anos 80 como fonte inspiradora e resolveu prestar homenagem a uma delas com essa grande versão.





Por Sandra Martins.

domingo, 8 de julho de 2012

Liv Tyler for Givenchy



A bela Liv Tyler emprestou mais uma vez sua veia rock and roll para o comercial da fragrância da Givenchy. Dessa vez, ela aparece cantando um clássico dos anos 80 da banda australiana INXS: I need you tonight. A música casou perfeitamente com a proposta da publicidade e Liv deu um Q a mais na produção, mostrando um pouco do DNA musical herdado Steven Tyler.

Por Sandra Martins.

Capas de Julho



As capas de julho chegaram com toda a força do mês das férias. A Vogue escalou Gisele B. , a Harper's chamou a Aline Weber e a Elle tem o trio Caroline Thaler, Nadine Ponce e Nathalia Oliveira. Qual capa chamou mais a sua atenção?





Por Sandra Martins.

sexta-feira, 6 de julho de 2012

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Prometheus: uma odisséia no espaço


Tá certo que todos os filmes de ficção científica que a gente veja vão ser inspirados em 2001: uma odisséia no espaço. O detalhe é como beber dessa fonte sem ser descarado ou sem ter identidade fílmica. E nesse caso, como o mesmo diretor faz um filme com referência de outro. Ridley Scott é famoso foi Blade Runner e Alien o 8 passageiro. E ele decidiu fazer outra aventura espacial com Prometheus, o filme que está dividindo mais opiniões do que a partilha da pipoca na sala de cinema.


Com uma abertura de encher os olhos de qualquer estudante de Geologia, o filme fala sobre a busca da imortalidade que seria dada pelos extraterrestres. Essa é a premissa inicial. Os outros pontos são o filosófico e as lutas internas para se conquistar algo desejado. A parte filosófica é a famosa questão do quem somos, qual nossa missão e para onde iremos, a origem de tudo que existe. A película começa a desenvolver essa ideia mas não se aprofunda, mas nem por isso o filme perde seu valor intelectual. Ele apenas levanta as questões, não encerra os pensamentos e deixa para que o próprio espectador tire suas conclusões.


A tão ávida busca pela imortalidade também é tratada no filme. O surpreendente personagem de Guy Pearce revela até que ponto uma pessoa pode ir e o preço que ela pode pagar para conseguir essa coisa utópica. Um outro ponto bastante comentado é a comparação entre Prometheus e Alien o 8 passageiro. Começando que o protagonista é uma mulher obstinada em se aprofundar em seu objeto de estudo, a segunda é que a história se passa no espaço e tem um extraterrestre que deseja exterminar a terra. Pronto, esse é o ponto pra todas as especulações e comparações iniciarem. A dica para ver esse filme é se desprender de toda e qualquer comparação e aproveitar a boa narrativa que nos é oferecida, embalada pelas belas imagens e efeitos especiais de encher os olhos.


O elenco também é outro ponto forte do filme. Quem se destaca mesmo é a Noomi Rapace, a Lisbeth Salander da versão sueca da trilogia Millenium. Ela faz uma Elizabeth Shaw forte, destemida, determinada e que faz um contraponto ao personagem de Chalize Theron, que também nos dá uma ótima interpretação no papel da comandante da expedição ao planeta alienígena. O personagem que se destaca tanto quanto a Noomi é o robô feito por Michael Fassbender. Com uma estrutura facial marcante e um talento latente, Fassbender faz um andróide perfeito, um quase humano que idolatra Lawrence da Arábia, copiando desde suas falas até a cor do cabelo e o penteado.

Scott teve coragem de fazer o que hoje se chama de prequel de Alien sem ser uma cópia de sua própria obra. Ele consegue criar uma outra narrativa que de alguma forma, acaba explicando e dando embasamento ao famoso Alien.


A impressão que me deu ao ver Prometheus é que Blade Runner e Alien devem ser vistos com olhos mais interessados e ver como as obras se conectam. Ainda em dúvida para ver? Aproveite que ele ainda está em algumas salas de cinema aqui na cidade e aproveite o sci-fi. Ele merece ser visto de verdade.




Por Sandra Martins.

Enjoy July: festas de julho!

Julho é o mês das férias e as pessoas pensam que não se tem muita coisa para fazer. Ao contrário! A programação é bem vasta e tem para todos os gostos. Esse é apenas um aperitivo do que vai rolar esse mês. Tem rock, show intimista e Frida Kahlo na parte I.





Por Sandra Martins.

domingo, 1 de julho de 2012

Sex and fashion

Esse post é mais um da série sexo e moda. Calvin Klein é um estilista que usa o assunto mais comentado e picante em suas campanhas. Outro que também segue esse modelo é Tom Ford, que utilizou todos os temperos e pimentas em suas campanhas de perfumes. Sempre com modelos desnudos ou com fotos sugerindo o sexo, ele coloca mais lenha na fogueira dos ditos "comportadinhos". 

Sem ligar para críticas ou retaliações, Ford segue com seu sex appeal e acaba chamando a atenção para sua  perfumaria e suas criações. Esperto o moço!

Abaixo temos algumas de suas pimentinhas fotográficas.




Por Sandra Martins.

Fonte: Google Images.